Estou na carreira errada?

AJUDE O PROJETO A LEVAR CONHECIMENTO PARA AS PESSOAS...COMPARTILHE NA SUA REDE SOCIAL PREFERIDA.


Essa talvez seja a dúvida que atinja profissionais de mais áreas e dos mais diversos níveis hierárquicos. A incerteza com relação à carreira escolhida traz diversos problemas para o profissional, desde o sentimento de insatisfação pessoal, até o trabalho mal realizado. No entanto, há maneiras de perceber se existe dúvida na carreira – ou se realmente o profissional está no caminho errado.

Há alternativas para lidar com o problema. O que pode ser feito é um replanejamento da própria carreira. Além disso, a ajuda profissional para fazer uma boa transição de carreira pode ser muito importante para que a reorganização da própria carreira seja capaz de recuperar a confiança do profissional.
1 – Quais são os principais sinais de que o profissional não está satisfeito com o trabalho que desempenha? 
Muitos podem ser os motivos para deixar de gostar do próprio emprego, desde o clima da empresa, as estratégias de gestão, até o conflito de valores entre outras divergências.
Em alguns casos a resiliência pode ser grande e assim o desgaste será homeopático, até o dia em que o profissional se percebe na empresa ou na profissão errada. E, enquanto isso não ocorrer, haverá muita procrastinação, distração, falta de motivação para assumir novos projetos, etc. Mas e tem solução. A partir do momento que o profissional se dá conta que precisa mudar, é necessário planejar uma mudança efetiva para que a satisfação profissional chegue.
2 – Como posso replanejar minha carreira? 
É preciso traçar metas e construir um planejamento realista para chegar aonde se pretende.  Algo que pode ajudar muito é fazer uma lista de interesses e dentre eles identificar potencial de negócios/carreira. Algumas empresas têm projetos especiais para atender essas necessidades, como Aconselhamento de Carreira, Estudo de mercado, etc. Com certeza procurar ajuda profissional no caso de um redesenho de carreira é bastante importante para que exista um embasamento técnico dos movimentos futuros.
3 – Se o plano for trocar de carreira, quais os riscos de uma mudança depois de muito tempo no mercado?
A paixão unida à profissão é o melhor dos mundos. Quando este não for o caso e a carreira já está consolidada em uma determinada área, se a intenção for trocar de setor haverá um custo, uma ‘bandeirada’. O que fará toda a diferença neste caso será a experiência do profissional na nova profissão. Existem pontos prós e contras.
Os prós são que o profissional estará realizando um trabalho que lhe o satisfaz, e assim o fará com facilidade e alegria. Pode-se descobrir um pote ao fim do arco íris e tornar-se muito bem sucedido. Une-se então o útil ao agradável. No entanto, é possível que o profissional acabe descobrindo que o novo trabalho não é o que pensava ser e se decepcionar. Enfim, antes de qualquer mudança é importante procurar um aconselhamento profissional e colocar tudo na ponta do lápis.

Fonte:Gazeta do Povo


Dicas de leitura da Talentos Brilhantes para a sua carreira:

Clique no assunto de seu interesse:

0 comentários:

Postar um comentário

Cursos Mais Realizados

Receber Cursos por E-mail