Valorizando o tempo!

AJUDE O PROJETO A LEVAR CONHECIMENTO PARA AS PESSOAS...COMPARTILHE NA SUA REDE SOCIAL PREFERIDA.

Por Paulo Cezar Gouvea





Como as horas estão passando rápido, como os dias estão voando, como a semana passou ligeiro, como o mês esta no fim, como o ano esta acabando, são expressões que já ouvimos inúmeras vezes ao longo das nossas vidas, porém, ainda não demos a atenção merecida para esses fatos cronológicos.

Diante disso cabe um questionamento: será que estamos aproveitando bem o nosso tempo? Será que estamos valorizando esses momentos diários que nos são únicos e jamais voltarão? O tempo em uma tradução simples é a “duração relativa das coisas que cria no ser humano a ideia de presente, passado e futuro, período contínuo no qual os eventos se sucedem”, ou ainda, “determinado período considerado em relação aos acontecimentos nele ocorridos; época”.

Realmente, analisando friamente, o tempo esta passando muito rápido e ele não volta, então o que temos para fazer, conquistar, falar, enfim, o máximo de coisas que pudermos fazer, devemos realizá-las o quanto antes, claro, algumas coisas não dependem apenas dos nossos esforços, mas a grande maioria sim.

Nesse momento de reflexão, façamos também uma autoanálise sobre o nosso modo de viver, de como estamos levando a vida, o tratamento as pessoas próximas, amigos, parentes, colegas de trabalho, enfim, todas as pessoas que estão a nossa volta, mesmo aquelas que pouco vemos ou damos a atenção que de fato merecem.

O tempo que passa é o mesmo tempo que não volta por isso à importância de aproveitarmos bem as nossas horas, os nossos dias, os nossos meses, o nosso ano da melhor maneira possível, aprendendo, estudando, amando, trabalhando, enfim, de um jeito simples, mas, proveitoso.
Cada momento de nossa vigília diária que nos exaltamos, estressamos, ficamos aborrecidos ou irritados com coisas, situações mínimas, é um dia que deixamos de bem viver. O mau humor ele consome muita energia e deixa o nosso ambiente sobrecarregado e sem necessidade, muitas vezes, deixamos de vencer as nossas batalhas rotineiras por simplesmente deixar que o mau humor sobreponha aos demais sentimentos.

Lendo esses parágrafos parece simples dar o devido valor ao tempo, mas, isso requer um mínimo de atenção de nossa parte e sem distração, pois se tudo esta passando tão rápido, como vamos perceber que estamos aproveitando o nosso tempo de fato? Essa é uma questão que cada um nós saberá responder, não para os outros, mas, para nós mesmos. Pois cada um é responsável direto pelos seus bons ou maus momentos, cada um é responsável pela sua própria vida e compete apenas a si mesmo essa avaliação e apreciação do seu tempo, o amanhã pode ser tarde e também, pode não aparecer.



Façamos esse exercício e procuremos ser mais feliz, realmente, a felicidade esta nas coisas simples da vida e é com o tempo que descobrimos, “onde quer que você esteja, esteja por inteiro”, assim aproveita-se mais, divirta-se mais, trabalhe mais e consequentemente, viva mais!



Paulo Cezar Gouvea, Especialista em Planejamento Estratégico e Gestão da Qualidade, é também Bacharel em Administração, casado, possui uma filha e escreve por gostar dessa que também é uma das mais belas formas de se expressar. Tem passagens pelas Áreas: Administrativa, Financeira, Logística/Operacional e Recursos Humanos.

0 comentários:

Postar um comentário

Cursos Mais Realizados

Receber Cursos por E-mail

Emprego em 7 Dias