Crescendo na adversidade!

AJUDE O PROJETO A LEVAR CONHECIMENTO PARA AS PESSOAS...COMPARTILHE NA SUA REDE SOCIAL PREFERIDA.

Por Paulo Cezar Gouvea





Início de ano contas chegando, IPVA, IPTU, material escolar, enfim, uma série delas e de repente, a pessoa se vê desempregada, sem sua principal fonte de renda. E agora? O que e como fazer? Ainda mais nesse conturbado momento em que se atravessa a economia global.

São situações como essas que tiram e muito o sono das pessoas, pois um sem número e cada vez mais crescente vem alimentando consideravelmente o grupo de desempregados no País atualmente. Infelizmente, essa é uma notícia que diariamente é vinculada nos principais meios de comunicação mundo afora.

Mas o que fazer diante desse cenário? Como reagir? E principalmente, como manter os compromissos (contas) outrora assumidos? Segundo alguns especialistas e literatos do assunto, o ideal é manter as contas essenciais (Água, Luz e Telefone) em dia na medida do possível e as demais, negociar prazos, pois não se tem ao certo uma ideia de quanto tempo à pessoa permanecerá nessa situação, evitar gastos supérfluos e ainda, procurar gastar o estritamente necessário, não que isso seja regra, mas é um norte para evitar o endividamento e a consequente inadimplência.

Uma reação esperada é centrar as energias naquilo que se pretende daqui em diante, rever o seu projeto pessoal para o ano e também, ficar atento às oportunidades, não se deixar abater, desanimar e tampouco desistir, afinal, perdeu o emprego e não a vida, sinal que há muita coisa a ser feita. Caso tenha família, aproveitar esse momento com os filhos, ouvir e conversar mais com a sua esposa ou esposo, enfim, manter a calma e a serenidade acima de tudo. Para aqueles que são religiosos, alimentar a Fé e a esperança, de forma que as coisas ocorram ao seu natural.

Agindo assim e com extrema cautela, a situação tende a seguir um fluxo natural, pois reclamar, esbravejar em nada vai adiantar agora a não ser, gerar um clima pesado e nervoso. Parece simples, mas de fato não é quem passa ou esta passando por um momento desses, tem a plena consciência que as coisas ficam difíceis, mas, o importante é ter Fé, acreditar sempre, pois na vida existe um tempo para tudo o que fazemos, sabemos e aprendemos.

Outro ponto interessante é sempre manter a sua lista de contatos, o chamado networking em dia, realmente, as amizades são de uma importância absurda nesse momento, ou seja, solicitar uma indicação, divulgação do seu próprio Currículo e também, uma recomendação. Uma grande dica e de grande valia é jamais destratar uma pessoa no ambiente de trabalho, amanhã essa mesma pessoa poderá ser o seu chefe ou quiçá, precisar de uma indicação futura.

Existem ainda, aqueles casos em que a pessoa quando sai da empresa é apenas procurada por um ou outro colega de trabalho, isso que ao longo de muitos anos de dedicação, conseguiu construir até então, uma rede de amigos, mas, logo que sai, são poucos ou quase nenhum quem lhe procura para saber como esta e o que tem feito. Essa é uma prática considerada comum, pois as pessoas não estão ou são preparadas para vivenciar esse momento e também, não sabem como reagir diante de uma situação como essa. Agora, se a amizade for verdadeira, com certeza, no mesmo dia ou no dia seguinte, será procurado por aqueles que lhe tem profunda e sincera estima.


Saber e conseguir administrar essas situações, os sentimentos envolvidos, denota que a pessoa esta crescendo na adversidade, ser resiliente, compreensivo e acima de tudo, paciente, demonstra ainda, o auto grau de amadurecimento profissional e pessoal adquirido ao longo dos seus anos de existência. A vida não é fácil para ninguém, isso é fato, mas, quando acordamos, levantamos de nossas camas e colocamos um propósito, meta pessoal em nossas mentes, o universo conspira para que logo alcancemos esse objetivo, daí a importância de ser otimista, manter o pensamento positivo, mesmo que seja difícil, mas não é impossível e procurar lembrar-se sempre: O que não derruba, fortalece!



Paulo Cezar Gouvea, Especialista em Planejamento Estratégico e Gestão da Qualidade, é também Bacharel em Administração, casado, possui uma filha e escreve por gostar dessa que também é uma das mais belas formas de se expressar. Tem passagens pelas Áreas: Administrativa, Financeira, Logística/Operacional e Recursos Humanos.

0 comentários:

Postar um comentário

Cursos Mais Realizados

Receber Cursos por E-mail